NOTE! This site uses cookies and similar technologies.

If you not change browser settings, you agree to it. Learn more

I understand
logo_pt.png

A diferença entre Roubo y Furto

É frequente que pessoas alheias ao mundo do direito se perguntem qual é a diferença entre roubo y furto.

A diferencia é que no CRIME DE ROUBO deve dar-se ou o emprego da força nas coisas para aceder ou abandonar o lugar onde estas se encontram ou o emprego da violência ou intimidação nas pessoas enquanto no CRIME DE FURTO, produz-se unicamente a subtração sem uso de força ou violência.

Tendo em conta o valor da subtração, podemos estar perante um crime de furto ou um crime leve de furto.

Quando estamos perante um crime de furto?

A diferença entre Roubo y Furto - Franco&Romero Advogados

A diferença entre Roubo y Furto

Para isso devemos remeter-nos aos artigos 234, 235 y 236 do Código Penal.

O artigo 234 estabelece que quem pretenda lucrar, levando as coisas móveis alheias, cujo valor exceda os 400 euros e contra a vontade do dono, será castigado por um crime de furto, com pena de PRISÃO de 6 a 18 meses.

O artigo 235 estabelece condutas que, se são consideradas como crimes de furto, são condutas agravadas e, portanto, a pena prevista é maior.

O crime de furto será castigado com a pena de PRISÃO de 1 a 3 anos, nos seguintes casos:

  • Quando se subtraia coisas de valor artístico, histórico, cultural ou científico.
  • Quando se trate de coisas de primeira necessidade e se cause uma situação de desabastecimento.
  • Quando se trate de conduções, cabos, equipamentos ou componentes de infraestruturas de fornecimento elétrico, de hidrocarboneto ou dos serviços de telecomunicações, ou de outras coisas destinadas à prestação de serviços de interesse geral, e se cause uma quebra grave aos mesmos.
  • Quando se trate de produtos agrários ou pecuários, ou dos instrumentos ou meios que se utilizam para a sua obtenção, sempre que o delito se cometa em explorações agrícolas ou pecuárias e cause um prejuízo grave às mesmas.
  • Quando revista especial gravidade, atendendo ao valor dos efeitos subtraídos, ou se produzam prejuízos de especial consideração.
  • Quando coloque a vítima ou a sua família numa grave situação económica ou se tenha realizado abusando das suas circunstâncias pessoais ou da sua situação de desamparo, ou aproveitando-se de um acidente ou a existência de um risco ou perigo geral para a comunidade que tenha debilitado a defesa do ofendido ou facilitado la comissão impune do delito.
  • Quando ao cometer um crime, o culpado tivera sido condenado executoriamente ao menos por três delitos compreendidos neste Título, e sempre que sejam da mesma natureza, não se terão em conta antecedentes cancelados ou que deveriam sê-lo.
  • Quando se utilize menores de dezasseis anos para la comissão do delito.
  • Quando el culpado ou culpados participem nos factos como membros de uma organização ou grupo criminal que se dedicam à comissão de delitos compreendidos neste Título, sempre que sejam da mesma natureza.

O artigo 236 diz-nos que serão condenados com pena de MULTA de 3 a 12 meses aquele que, sendo dono de uma coisa móvel ou atuando com o seu consentimento, se a subtraia a quem de maneira legítima a tem em seu poder, com prejuízo deste ou de um terceiro, sempre que o valor daquela exceda os 400 euros.

E se o valor do subtraído no furto é inferior a 400 euros?

Então estaríamos perante um crime leve de furto (o que antigamente se considerava “falta de furto“).

Este delito leve regula-se no artigo 234 do Código Penal, mais concretamente no parágrafo 2. O artigo mencionado diz-nos o seguinte:

Impor-se- á uma pena de MULTA DE UM A TRÊS MESES se a quantia do subtraído no excede os 400 euros, a menos que coincidisse alguma das circunstâncias do artigo 235

Portanto, se a quantia furtada não excede os 400 euros, impor-se- á uma PENA DE MULTA DE UM A TRÊS MESES.

Teléfono Fijo
924 24 66 88
Teléfono Móvil
620 44 01 50
Skype
carlos@francoyromeroabogados.eu
WhatsApp
620 44 01 50
Skype
carlos@francoyromeroabogados.eu
Pode Contactar-nos por estes meios

Blog Legal Atual

 Advogados: Construindo pontes entre os CIDADÃOS e o ESTADO DE DIREITO

Advogados: Construindo pontes entre os CIDADÃOS e o ESTADO DE DIREITO

14 maio 2018

Os Advogados prestam os seus serviços de maneira independente aos cidadãos, defendendo os seus interesses e protegendo os seus direitos, dentro e fora dos tribunais.

Processo de revisão e confirmação de sentença estrangeira de divórcio

Processo de revisão e confirmação de sentença estrangeira de divórcio

10 fevereiro 2018

Quando um cidadão português se divorcia no estrangeiro, o mesmo tem de ser transcrito no registo civil português, em ordem a produzir efeitos em Portugal. Mas como agir nestas situações?...

Como se dividem os custos da escritura de compra e venda entre o vendedor e o comprador?

Como se dividem os custos da escritura de compra e venda entre o vendedor e o comprador?

10 fevereiro 2018

A menos que os contratantes disponham de outra forma, os custos de outorga de escritura pública correm por conta do vendedor, e os de primeira cópia e demais posteriores à...

A diferença entre Roubo y Furto

A diferença entre Roubo y Furto

23 outubro 2017

É frequente que pessoas alheias ao mundo do direito se perguntem qual é a diferença entre roubo y furto. A diferencia é que no CRIME DE ROUBO deve dar-se ou...

Pedido de indemnização por negligência médica contra o Serviço de Saúde Extremadura

Pedido de indemnização por negligência médica contra o Serviço de Saúde Extremadura

19 julho 2017

A reclamação de negligências médicas é um processo delicado, uma vez que carece de uma grande especialização por parte dos profissionais que levem a cabo este tipo de reclamações. Uma...

O apelido paterno já não prevalecerá na horea de registrar um filho recém nascido

O apelido paterno já não prevalecerá na horea de registrar um filho recém nascido

13 julho 2017

No próximo dia 30 de junho entra em vigor a reforma do Registo Civil, o apelido paterno já não prevalecerá na hora de inscrever um filho recém-nascido e os pais...

A caução nos contratos de arrendamento

A caução nos contratos de arrendamento

12 fevereiro 2017

Quando arrendamos um imóvel para habitação ou para fins não habitacionais, há um tema importante a ter em conta, trata-se da caução que no contrato de arrendamento de imóveis para...

A partilha da herança

A partilha da herança

03 janeiro 2017

Normalmente, nunca poderia imaginar os problemas que podem surgir quando um morre relativos e chega a hora de resolver o seu património. Este artigo visa dar um pouco de luz...

Direitos de um detento

Direitos de um detento

27 fevereiro 2016

Ninguém está livre de que por qualquer circunstância se possa ver privado da sua liberdade por ser detido pelas forças de segurança Este artigo pretende ser um guia para que...

O novo sistema de comunicação ao registo civil dos nascimentos e falecimentos

O novo sistema de comunicação ao registo civil dos nascimentos e falecimentos

26 janeiro 2016

Desde o dia 15 de outubro de 2015 que não é necessário inscrever o recém-nascido em Espanha, no Registo Civil correspondente, encarregar-se-ão os hospitais, de forma que os dados e...

Casar-se num Notário: celebração do casamento perante um Notário

Casar-se num Notário: celebração do casamento perante um Notário

26 janeiro 2016

Desde finais de julho de 2015 que é possível casar-se num Notário (para além das diversas formas de casamento, celebração do casamento religioso, e casamento civil, que até à data...

Registo central de delinquentes sexuais

Registo central de delinquentes sexuais

25 janeiro 2016

No dia 28 de julho de 2015 aprovou-se a criação de um Registo Central de Delinquentes Sexuais. O objetivo é assegurar os interesses vitais do menor, tais como o direito...

O problema da imigração irregular. O caso da barreira de Melilla.

O problema da imigração irregular. O caso da barreira de Melilla.

09 maio 2014

A Provedora da Justiça, Soledad Bacerril, afirmou recentemente que a Melilla faz parte do território espanhol e rejeita que se reenviem “sem plano prévio” a Marrocos os imigrantes que consigam...

Casos de Corrupção

Casos de Corrupção

21 março 2014

Se fizermos uma análise da situação sociopolítica de Espanha na última década, existe uma questão que parece clara, a grave situação de corrupção em todos os sentidos e de que...

Prescrição de delitos, faltas e penas

Prescrição de delitos, faltas e penas

05 novembro 2013

Prescrição de delitos O Código Penal espanhol não estabelece um único prazo de prescrição para os delitos, mas distingue diferentes prazos em função da pena máxima prevista para o delito,...

Regulação de maus tratos a animais domésticos no Código Penal

Regulação de maus tratos a animais domésticos no Código Penal

29 maio 2013

O nosso código penal (“Ley Orgánica 10/1995, de 23 de noviembre del Código Penal”) regula os maus tratos a animais domésticos nos artigos 337, 631 e 632.2. Crime de maus...

« »

Instagram

Colaboraciones

Abogados Top 10

Recomendar Abogado

Abogados 365

Morosos.net

Experiencia Jurídica

Despacho Miembro

Asociación Europea de Abogados

Grupo Salud y Deporte Badajoz

Grupo Salud y Deporte Badajoz

AZCARAN Servicios Asistenciales

Abogados 24 horas

Vitium Abogados

Facebook

Twitter