O delito da condução sob o efeito de bebidas alcoólicas

O consumo do álcool reduz a capacidade de condução, provocando assim a diminuição da atenção, as funções visuais e auditivas, ainda que seja em quantidades muito pequenas, aumentando o risco de acidente.

No entanto, o consumo de álcool não afecta todas as pessoas da mesma forma.

Não obstante, temos de analisar os diferentes factores que fazem com que o consumo de álcool tenha maior ou menor incidência numa pessoa, e são eles os seguintes:

  1. A quantidade e a graduação do álcool ingerido.
  2. O peso da pessoa.
  3. tempo passado desde a ingestão da bebida alcoólica.
  4. A alimentação tomada antes da ingestão do álcool, ou durante a ingestão.
  5. A idade da pessoa. Está demonstrado que os menores de 25 anos e os maiores de 60 anos são os mais vulneráveis aos efeitos que produz o álcool.
  6. Sexo e natureza das pessoas, já que os homens costumam ter mais resistência do que as mulheres.
  7. A fadiga, o sono e o cansaço.
  8. A combinação com drogas ou medicamentos.

O que é a alcoolemia?

A alcoolemia é a quantidade de álcool que depois de ser ingerido se encontra no sangue e será proporcional à quantidade que se beba.

Em jejum, a máxima alcoolemia alcança-se entre os 15 e os 30 minutos.

Se o álcool se ingere entre as refeições, este nível máximo demora entre uma e três horas a alcançar-se.

A alcoolemia continuará a aumentar à medida que se continue a ingerir mais álcool. Sempre que se tenha deixado de beber, são necessárias várias horas para que a alcoolemia baixe para zero.

A Tasa máxima de alcool permitida é a seguinte:

Povoação geral de condutores: 0,5gr/l no sangue ou 0,25 mg/l no ar expirado.

Aos condutores durante os dois primeiros anos da carta de condução: 0,3 gr/l no sangue ou 0,15 mg/l no ar expirado

Os controlos de alcoolemia

  1. Os condutores estão obrigados a seguir todos os requerimentos dos agentes quando sejam mandados parar numa operação.
  2. No caso de se negarem a realizar a prova, poderiam incorrer num delito tipificado no artigo 383 do Código Penal: O condutor que, requerido por um agente da autoridade, se negar a submeter-se às provas legalmente estabelecidas para a comprovação das taxas de alcoolemia e a presença das drogas tóxicas, estupefacientes e substâncias psicotrópicas a que se referem os anteriores artigos, será castigado com pena de prisão de seis meses a um ano e privação do direito a conduzir veículos a motor e ciclomotores por tempo superior a um e até quatro anos.
  3. O agente proporcionará uma boquilha selada para soprar no bafometro que recolherá a taxa de álcool no ar expirado.
  4. Se a taxa for superior à permitida por lei, a prova ter-se-á de repetir. Mas entre uma prova e outra devem passar pelo menos dez minutos.
  5. Se a taxa, numa segunda prova, resultar ser inferior à permitida por lei, o condutor pode partir. Se pelo contrário volta a superar os índices permitidos, o agente começará a realizar a denúncia.
  6. Se o condutor não está de acordo com o resultado da prova, pode solicitar ir a um hospital onde se realizará uma análise de sangue. No caso do resultado ser positivo, deve pagar a importância correspondente.

O que poderá acontecer se o teste de alcoolemia realizado ao condutor do veículo der positivo?

No caso do teste de alcoolemia realizado ao condutor der positivo, os agentes podem proceder à imobilização do veículo se este se tornar um obstáculo à circulação.

Também poderá imobilizar-se o veículo em caso negativo ao efectuar as provas de detecção de álcool. Os gastos que possam ocasionar-se pela imobilização, translado e depósito do veículo, ocorrerão por conta do condutor ou de quem legalmente deva responder por ele.

Se a taxa de álcool acusada puder dar lugar à comissão de um delito, a polícia pode optar por levá-lo ao Posto no sentido de prestar declaração.

  1. Sanção Administrativa

    Para as infracções muito graves, incluir-se-á uma multa junto com a sanção inibitória de conduzir pelo período estabelecido.

  2. Delito

    Segundo o Código Penal, artigo 379 do CP, é considerado delito a condução sob os efeitos do álcool com uma taxa superior a 0,60 mg/l no ar expirado com uma taxa de álcool no sangue superior a 1,2 g/l.

    Será castigado com pena de prisão de três a seis meses ou multa de seis a doze meses ou ainda com trabalhos comunitários de trinta e um a noventa dias e, em qualquer caso, com a privação do direito de conduzir veículos a motor e ciclomotores por tempo superior a um e até quatro anos.

Blog Legal Atual

O que nossos clientes acham?

5 out of 5 stars

Muy buena experiencia, en mi caso se me ha tratado bien en todos los aspectos, muy buenos profesionales, atentos, respetuosos, he sido informada en todo momento, el procedimiento a sido rápido y muy bien gestionado, con resultado de éxito. Tengo claro que siempre que necesite abogado, contaré con ellos. Quedo muy satisfecha. Gracias.

5 out of 5 stars

Mi agradecimiento Carlos por tu dedicación profesional y buen hacer tanto en el trato personal como a la hora de recibir asesoramiento. Ánimo y a seguir así. Muchas gracias por todo.

5 out of 5 stars

Es un placer expresar mi recomendación entusiasta sobre Franco & Romero Abogados. Su servicio es verdaderamente ejemplar, caracterizado por una notable agilidad, compromiso y organización. El Dr. Carlos Franco, en particular, demuestra una dedicación excepcional al tratar los asuntos de los clientes, siendo no solo atento, sino también un profesional de alto calibre. Su competencia y experiencia hacen que la experiencia del cliente sea aún más gratificante y confiable. En resumen, es un placer para mí reconocer y destacar la excelencia de esta firma y recomendar sus servicios sin reservas.

5 out of 5 stars

Profesionalidad y rapidez. Mi experiencia con ellos ha sido muy satisfactoria. Los recomendaría sin dudar.

5 out of 5 stars

Excelente abogado, con gran experiencia, seriedad y responsabilidad. Lo recomiendo 100%. No duden en contactarlo para sus trámites. Es muy eficiente. Desde ya, le doy las gracias por brindarme tan buen servicio.

Franco&Romero com o Sport

We use cookies

We use cookies on our website. Some of them are essential for the operation of the site, while others help us to improve this site and the user experience (tracking cookies). You can decide for yourself whether you want to allow cookies or not. Please note that if you reject them, you may not be able to use all the functionalities of the site.